Mãe suspeita de matar filho de 1 ano se entrega a polícia

Um menino de 1 ano e 7 meses foi encontrado morto pela avó na noite de sexta-feira (3) no Jardim Zeli em Itaquá. Por volta das 18h30. A avó dele acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após encontrá-lo em um cômodo da casa com hematomas pelo corpo.

A avó contou que escutou um barulho vindo da casa ,e quando entrou, a mãe já não estava lá. O bebê estava desacordado, com ferimentos na testa e nas costas.

O Samu foi chamado, mas quando a equipe médica chegou à casa, o menino já tinha morrido após ter sofrido uma parada cardíaca. A Polícia Militar encaminhou a criança ao PS do Hospital Santa Marcelina.

A Polícia Militar suspeita que a mãe do bebê discutiu com o marido por telefone, momentos antes da criança ter sido encontrada pela avó, no chão. “Ela disse que eles brigavam muito e que ela tinha algum transtorno mental. E em razão disso eles eram muito nervosos. E quando aconteceu esse barulho, a mulher falava alto e gritando. No entanto, ela estava sozinha na casa. Provavelmente, estaria discutindo com o marido pelo telefone”, explicou o tenente da PM Marcos Aurélio Leite dos Santos.

No sábado (4), a pedido do delegado Denis Miragaia, a Justiça emitiu um mandado de prisão temporária para a suspeita. A mãe do menino, Sirley Caroline Freire da Cruz de 24 anos, se entregou à polícia de Itaquá na noite de domingo (5), alegou e foi levada para cadeia feminina de Poá.

O pai da criança estava no trabalho quando crime aconteceu. Ele prestou depoimento à polícia e foi liberado.

As informações são do Jornalista Marcus Alexandre e do Portal G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *