Câmara de Itaquá realiza seminário sobre reforma política com lideranças partidárias e a população

(Esq. p/ dir.) Rogério Mesquita – secretário de Assuntos Jurídicos, Leonardo Freire – advogado, Wilson Pirata – presidente da Casa de Leis, Arthur Luiz Rollo – advogado, Zenival Alves – presidente da OAB/Itaquá. Foto: Ronaldo Andrade
População e lideranças partidárias prestigiaram o evento. Foto: Ronaldo Andrade

A reforma política é necessária para o País, porém com tempo para discuti-la de forma ampla e consciente. Essa foi a tônica do Seminário realizado pela Câmara Municipal de Itaquaquecetuba, na tarde desta quinta-feira, dia 07.

Sob o tema “Reforma Política e as Novas Perspectivas das Eleições Municipais”, o evento que teve como debatedores os advogados Arthur Luiz Mendonça Rollo (Especialista em Legislação Eleitoral) e Leonardo Freire Pereira (Mestre em Direito Político), teve como objetivo discutir junto à população e às lideranças políticas os pontos que estão sendo propostos como, por exemplo, o voto distrital.

“Esse seminário é muito importante, pois discutimos o que está sendo debatido na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa de São Paulo, a Câmara de Itaquá sai na frente para as eleições 2016, pois essa reforma pode ser implantada já para o próximo ano, nas eleições municipais, ou seja, são justamente os municípios os mais atingidos pela reforma em questão”, afirmou Dr. Rollo, que não acredita na aprovação das propostas. “A reforma é importante, mas estamos no calor do efeito da corrupção e esse calor da emoção nos tira a razão, estão querendo votar a reforma em junho, não concordo, tem que haver calma”.

Para o segundo debatedor, as modificações estão sendo propostas, mas não perguntaram para quem vai por elas em prática se é possível coloca-las em prática. “Tenho medo de que a proposta passe no Congresso da forma que esta, tem que ser debatido antes, tem que criar um ambiente para discutir essa reforma, mas isso não existe, se o projeto passar da forma que está não será benéfico para o País”, enfatizou Dr. Leonardo.

 (Esq. p/ dir.) Rogério Mesquita – secretário de Assuntos Jurídicos, Leonardo Freire – advogado, Wilson Pirata – presidente da Casa de Leis, Arthur Luiz Rollo – advogado, Zenival Alves – presidente da OAB/Itaquá. Foto: Ronaldo Andrade.
(Esq. p/ dir.) Rogério Mesquita – secretário de Assuntos Jurídicos, Leonardo Freire – advogado, Wilson Pirata – presidente da Casa de Leis, Arthur Luiz Rollo – advogado, Zenival Alves – presidente da OAB/Itaquá. Foto: Ronaldo Andrade.

“Esse é um momento importante para a política municipal, pois estamos discutindo a reforma que, se aprovada, no afetará de forma direta em um curtíssimo período, portanto essa discussão que realizamos hoje já começa a conscientizar e preparar, tanto os eleitores como os partidos políticos, para o que modelo de eleição que pode nos ser imposto já em 2016”, ressaltou o presidente da Casa de Leis de Itaquá, Wilson dos Santos, o Wilson Pirata (PTN), idealizador do seminário.

Além dos debatedores e do responsável pelo Legislativo itaquaquecetubense, também estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal de Poá, Mário Massayoshi Kawashima, o Mário Sumirê (PSD), o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Rogério Dias Mesquita, os vereadores Roberto Carlos do Nascimento Tito, o Carlinhos da Minercal (PT), Maria Aparecida Monteiro Rodrigues da Fonseca, a Cidinha Assistente Social (PR), Firmino Francisco Alves, o Firmino Firmeza (SDD) e Genival Soares de Lima, o Val do Mercado (PSDC), além do presidente da OAB/Itaquá, Zenival Alves de Lima, da presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos do município, Clícia Mara Silva, e dos presidentes e representantes do PSDB, PTN, PSDC, PPS, PCdoB, entre outros partidos.

Após do uso da tribuna feito pelos debatedores, o público presente pôde participar com perguntas para os mesmos, tornando o evento interativo e elucidativo.

Relacionadas

Leave a Comment