Cavalo atropelado em Itaquá e espera socorro por 13 horas

O animal esperou por 13 horas para ser socorrido. Foto: G1 Foto: G1
O animal esperou por 13 horas para ser socorrido. Foto: G1
Foto: G1

Após uma batida com um carro, um cavalo foi arremessado nas margens da Rodovia Henrique Eroles (SP-66), no Jardim Luciana. O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (12), às 22h30, mas até a manhã deste sábado (13), o animal, que está vivo, ainda não havia sido socorrido.

Testemunhas dizem que o motorista do carro parou para prestar socorro, mas teria se desentendido com o homem que conduzia o animal e acabou indo embora. “O homem que estava dirigindo estava discutindo, provavelmente com o homem que estava com o cavalo, depois disso ele foi embora”.

O morador diz que o proprietário do animal também foi embora. “O dono puxou o animal pela corda. Foi preciso desparafusar o gradil da pista e puxar o animal para a marginal, a pista que fica ao lado da principal, para que não ele não fosse atropelado. Depois disso, ele se irritou e começou a bater no animal com a corda”.

De acordo Adriana Laurentina, vizinha ao local do acidente, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estiveram no local. Adriana conta que já procurou também o Centro de Controle de Zoonoses de Itaquaquecetuba.

Os vizinhos se comoveram com a situação e tentaram ajudar o animal. “A gente estava jogando água para ele não ficar com muito calor do asfalto e os vizinhos estão dando capim para ele”, conta Adriana.

“Ele parece que está com a coluna quebrada. Está mexendo as patas, mas não fica de pé e está se debatendo no asfalto quente”, conta Rogério.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba, responsável pelo Zoonoses, informou, às 11h50, que o animal foi removido do local. Uma equipe de veterinários agora deve avaliar o estado do animal.

Relacionadas

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.