Jornal sofre boicote de funcionário da prefeitura de Itaquá

Edição do Jornal Contraponto é recolhida por funcionário da Prefeitura
Edição do Jornal Contraponto é recolhida por funcionário da Prefeitura

O jornal Contraponto que frequentemente trás diversas denúncias de irregularidades na Prefeitura de Itaquá, sofreu com o boicote realizado por um funcionário da prefeitura.  Segundo relatos um homem que usava um carro oficial da Prefeitura Municipal de Itaquá recolheu todos os exemplares da edição 65, a manchete do jornal dizia: “ITAQUAQUECETUBA NA MIRA DA MÍDIA” e dizendo que veículos de comunicação estão denunciando diversas irregularidades da prefeitura municipal.

Só o CQC da Tv Bandeirantes esteve duas vezes na cidade, uma para cobrar medicamentos especiais garantidos por lei a um bebê e em uma outra ocasião veio cobrar iluminação publica em uma rua do bairro da estação. Já na Tv Record o Programa da Tarde trouxe uma reclamação de um morador que sofreu um acidente de trabalho e não conseguiu uma cirurgia e precisou recorrer ao programa, o jornalista que defende causas dos consumidores Celso Russomano cobrou uma resposta dos responsáveis.

 

Veja as denúncias do CQC e Programa da Tarde:

CQC vem para Itaquá e tem a missão de iluminar uma rua no bairro da estação

CQC: BEBÊ TEM MEDICAMENTOS ESPECIAIS NEGADOS PELA PREFEITURA de ITAQUÁ

Morador de Itaquá, recorre ao Patrulha do Consumidor da Tv Record para fazer cirurgia.

 

O Código de Ética do Jornalista Brasileiro em vigor nos lembra que:

Art. 2º Como o acesso à informação de relevante interesse público é um direito fundamental, os jornalistas não podem admitir que ele seja impedido por nenhum tipo de interesse, razão por que:

I – a divulgação da informação precisa e correta é dever dos meios de comunicação e deve ser cumprida independentemente de sua natureza jurídica – se pública, estatal ou privada – e da linha política de seus proprietários e/ou diretores. (…)

II – a produção e a divulgação da informação devem se pautar pela veracidade dos fatos e ter por finalidade o interesse público; (…) V – a obstrução direta ou indireta à livre divulgação da informação, a aplicação de censura e a indução à autocensura são delitos contra a sociedade, devendo ser denunciadas à comissão de ética competente, garantido o sigilo do denunciante.

 

O Itaquá News é contra qualquer tipo de censura e liberdade de imprensa, e junto com os demais jornais da cidade tem o objetivo de levar a notícia, seja ela qual for até você.

 

Veja o a nota de repudio do Jornal Contraponto em relação ao fato.

Publicação by Contraponto.

Relacionadas

Leave a Comment