Bandidos mantém reféns por 17 horas em Itaquá

Dois funcionários de uma loja de Itaquaquecetuba ficaram 17 horas em poder de criminosos depois do roubo dos dois veículos que conduziam. O crime foi por volta de 9h de segunda-feira (13). As caminhotes foram encontradas abandonadas em pontos diferentes da Rodovia Ayrton Senna, mas as vítimas foram achadas apenas às 2h desta terça-feira (14).

No boletim de ocorrência registrado na delegacia da cidade, o encarregado da loja Diogo Mendes Farias , de 31 anos, contou que por volta das 9h10, funcionários saíram do estabelecimento, localizado na Rua São Roque, na Vila Japão, cada um em um carro. Eles levariam uma das caminhonetes para revisão em Guarulhos e depois voltariam juntos no mesmo carro.

Por volta das 9h30, o dono da loja foi informado por policiais rodoviários que o veículo que retornaria para Itaquaquecetuba foi localizado abandonado no KM 28 + 500 metros da Rodovia Ayrton Senna, na pista oeste, na altura de Guarulhos. Às 11h30, o encarregado conseguiu localizar pelo rastreador que a outra caminhonete estava em um posto de combustível na Ayrton Senna no KM 36 em Itaquaquecetuba. Uma viatura da Polícia Rodoviária foi para o local. Uma perícia foi feita no segundo veículo.

A polícia coletou impressões digitais nos veículos. Os motoristas não foram localizados e os veículos foram encaminhados para a empresa. De acordo com o boletim de ocorrência, tendo em vista o lapso temporal da ocorrência registra-se a natureza de roubo.

Os funcionários relataram que foram feitos reféns em um cativero. “Eles foram liberados em um matagal perto da Ayrton Senna. Eles não sofreram nenhuma agressão, mas estão assustados.”  De acordo com o encarregado ele vai registrar na delegacia de itaquaquecetuba um boletim sobre o aparecimento dos funcionários.

Relacionadas

Leave a Comment